sábado, 29 de maio de 2010

Depois do sucesso da primeira história...

HiStÓrIaS EnGrAçAdAs
Do MuNdO Do CiRcO
_______________________________________________________
PERSONAGENS DE HOJE:
Luis Carlos Pimentel, Willy Márcio Palácios, Mário Palácios Ayres, Marco Aurélio Brasil Strapazzon e Guilherme Palácio
(Ou melhor: Caneta, Piti, Kiko, Strapa e Tititi )
---
HISTÓRIA DE HOJE:
Um Tiro Por Uma Coca-Cola
_____________________________________________________
SAIR PARA FAZER UMA PRAÇA ÀS VEZES RESERVA GRANDES SURPRESAS...
Acordei cedo, chamei o Tititi. O Caneta já estava de pé. O Kiko também. Só faltava o Piti. Saímos de Vacaria rumo à Novo Hamburgo. A serra era pesada. Estávamos, os cinco na caminhonete do Caneta, conversando e fazendo planos. Falávamos das praças que iríamos fazer até chegarmos na fronteira, para passar para o Uruguai. O tempo estava se acabando e teríamos que fazer poucas praças de quatro dias para chegarmos à Jaguarão à tempo. Pouco tempo depois de pegarmos a estrada, o primeiro susto: Em plena serra, a Caneta tentou ultrapassar um caminhão. E do outro lado estava vindo outro caminhão. E o pior: Estava vindo também um outro automóvel, que também estava tentando uma ultrapassagem! Como escapamos, eu não sei! Mas o susto foi grande. Respiramos aliviados, rimos... Ufa!
Havia uma chuva fina, uma neblina. Até que deparamos com um caminhão da Coca Cola tombado em meio à serra. Alguns carros estavam parados, muita gente se acotovelava para pegar as garrafas de refrigerantes que estavam na estrada. Quase ninguém dava a mínima importância ao coitado do motorista, que estava caído na estrada, com certeza muito machucado. O auxiliar do motorista dizia à todos: "Podem pegar, tem seguro mesmo!" E as pessoas se esbaldavam! O Tititi mandou o Caneta parar a caminhonete. Eu disse: "Não peguem esses refrigerantes, dá azar. Olha lá o coitado do cara caído no chão." E o Caneta disse: "Mas o amigo dele está mandando todo o mundo pegar." E O Tititi: "Vamos levar a Coca Cola do nosso Fim de Ano."
Nesse momento, pára um carro do outro lado da estrada e desce uma mulher correndo. Pensei que ela fosse parente do motorista do caminhão, pois estava correndo em direção à ele. Mas em vez de prestar socorro, ela começou a pegar todos os refrigerantes que estavam próximos do pobre homem machucado.
O Tititi desceu e começou a pegar as garrafas de dois litros. O Caneta foi mais arrojado. Pegava fardos inteiros. A cena era inusitada: O Caneta, sério, todo na gravata e carregando os fardos de Coca Cola. Nisso, um homem desceu de um carro branco, pegou seu celular e começou a tirar fotos da placa da caminhonete do Caneta. O Kiko desceu da caminhonete e ficou parado em frente à placa, mas o homem lhe mostrou uma arma. E o Kiko, claro, saiu da frente da placa. (kkk) Com umas garrafas na mão, o Caneta perguntou o que o homem estava fazendo. E o homem disse que era policial e que aquilo que o Caneta estava fazendo era errado. Eu e o Piti estávamos na caminhonete, vendo a discussão, mas até o momento, não tínhamos visto a arma. O Caneta disse que várias pessoas estavam fazendo aquilo e que o assistente do motorista estava mandando pegar. O Tititi, sem ver que o "tempo estava fechando" pro nosso lado, começou a gritar: "Caneta, achei Kuat! Achei Kuat!" (kkk) Até que a discussão ficou mais acirrada e o Caneta se avançou na mão do homem, dito policial, e tirou dele o celular. E assim chegamos ao ponto culminante desta história: O homem sacou o revólver e atirou para cima! O Tititi ficou pálido. O Piti, de olhos arregados disse: "O Caneta vai levar um tiro por causa de uma Coca Cola!" E eu falava: "Viu como esse refrigerante dá azar?!" (kkk)
Na hora do tiro, um monte de gente começou a correr, outros jogavam as garrafas fora. Carros que estavam estacionados arrancaram. E o Caneta enfrentou o cara. Dizia: "Atira! Olha aqui gente, ele tá armado!" O cara apontou a arma para o Caneta e pediu o celular. E o Caneta deu, mas disse: "Vou te denunciar para o prefeito, ele é meu amigo!!!" (kkk) Entramos na caminhonete e partimos. E o Tititi disse: "Ainda bem que deu pra pegar uma Kuat porque eu não tomo Coca-Cola."
Depois de dois grandes sustos, rimos muito. Quase que o Caneta levou "Um tiro por uma Coca Cola!"
!!!
VOCÊ TEM ALGUMA HISTÓRIA ENGRAÇADA PARA CONTAR?
ENVIE SUA HISTÓRIA PARA
SUA HISTÓRIA SERÁ PUBLICADA NO BLOG CIRCO NEWS!
!!!
Próxima História:
O CAPATAZ NO BANHEIRO

3 comentários:

Leco disse...

Achei Kuat !!!! Muito phodaaaaa!!!!!!!!!! hauhauhauhauhaua

laryssa disse...

acontece cada uma em nossas vidas que parece duas.e essa de vocês é uma aventura.kkkkkkkkkkk

Anônimo disse...

Teve uma vez q eu roubei uma goiaba no quintal do vizinho kkkkkkk. Isso também não é legal?